Vols eliminar "Albernoa" dels llocs on has estat? No es poden eliminar valoracions de racons o de destinacions. No es pot treure el "Hi he estat" perquè tens publicada una Opinió sobre aquest lloc :)

A:link { } Albernoa foi uma freguesia portuguesa do concelho de Beja, contudo, extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Trindade, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Albernoa e Trindade.

 

Albernoa é um nome de origem árabe, que segundo Pinho Leal provém de barrelnaua, “campo do caroço”.

Com uma população escassa, mas uma paz de espìrito incomparável, a aldeia dedica-se sobretudo à agricultura, embora o comérico também tenha tido um peso considerável na sua economia.

Honrada por José Saramago em “Viagem a Portugal”:

"Oh, senhores, vós que ao sol da praia vos deitais, vinde aos campos de Albernoa conhecer o Sol. Vede como estão secos estes ribeiros, o barranco de Marzalona, a ribeira de Terges, os minúsculos, invisíveis afluentes que não se distinguem da paisagem, tão seca como eles. Aqui se sabe, sem Ter de recorrer aos dicionários, o que significam estas palavras: calor, sede, latifúndio. Ao viajante não faltam luzes destas paragens, mas o que os olhos mostram é sempre maior e mais do que se julgava saber. Um milhafre atravessou a estrada em voo picante. Veio do alto caindo, parecia que tinha claro o alvo entre os restolhos, mas depois, com um golpe de asa, quebrou a descida, e, noutro ângulo deslizando, orientou o voo para além das colinas. Anda à caça, solitário na imensidão do céu, solitário nesta outra imensidão fulgurante da terra, uma ave de presa, força de sede e aço, só quem uma vez te não viu pode censurar-te a ferocidade. Vai e vive"

Veure'n més



Com arribar-hi


Sigues el primer en opinar